segunda-feira, 14 de junho de 2010

PMDB catarinense abre mão de candidatura e apóia Raimundo Colombo, do DEM

Ótima notícia! Agora só falta o Pavan (PSDB) também abrir mão, até porque não tem condições de vencer, e reeditar a Tríplice Aliança. Colombo entrará na disputa como franco favorito, em minha modesta opinião. Além de hoje já ocupar a segunda colocação nas pesquisas, terá um tempo de TV considerável na campanha, e apoios políticos fortes nas 3 legendas. Santa Catarina estará livre do PT por mais quatro anos, e ainda oferecerá um forte palanque ao Serra.

No ClicRBS:

Pinho Moreira recua, e Raimundo Colombo fica com candidatura ao governo de Santa Catarina
Acordo entre PMDB e DEM foi anunciado na manhã desta segunda-feira

A segunda-feira começou com decisões no cenário político de Santa Catarina. O acordo entre DEM e PMDB foi anunciado nesta manhã, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O senador Raimundo Colombo (DEM) será o candidato ao governo do Estado. Ainda não há definições sobre o cargo de vice.

O ex-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) garantiu abrir mão da candidatura. A aliança foi divulgada depois de um encontro entre os dois que durou cerca de duas horas na noite de domingo.

— É normal que houvesse um recuo. Então, nesta hora eu recuo e apoio a candidatura de Colombo. Esta é uma decisão tomada depois de exaustivas conversas. As demais composições virão de apoios partidários — disse Moreira, em entrevista à rádio CBN/Diário.

Agora, os partidos aguardam um posicionamento do PSDB para completar a tríplice aliança.

— Vamos fazer uma aliança com objetivo de ajudar Santa Catarina. Este é um momento de união e, juntos, somos mais fortes — diz Raimundo Colombo.

O governador Leonel Pavan (PSDB) já foi avisado e ainda não se manifestou sobre a coligação.

Um comentário:

  1. esquadrão anti-PT15 de junho de 2010 12:26

    Ficaram se roendo de raiva Michel Temer e Dilma, que perderam mais um palanque.
    Ainda que não seja um grande colégio eleitoral, Santa Catarina dá exemplo de que deseja manter o PT longe do poder

    ResponderExcluir