segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Comunismo agoniza em Cuba

Tudo bem, eu sei que não é de hoje. Mas desta vez oficialmente o regime castrista decreta a falência do sistema comunista na ilha e abre as perninhas para o capital. Depois de arruinar a vida e os sonhos de muitas gerações de cubanos, o decrépito sistema econômico vai dando adeus à ilha e cede espaço à propriedade privada, comprovadamente fundamental para qualquer sociedade humana evoluir. Que sumam do mapa juntos "el coma-andante" e seus tietes neandertais latinoamericanos. Já vão tarde! Seu legado de extrema miséria e atraso não será jamais esquecido.


Vale até um brinde. Tim-tim!



No Estadão:

Parlamento de Cuba aprova reformas econômicas
Cubanos terão, pela primeira vez em 50 anos, direito à propriedade privada

HAVANA - O Parlamento de Cuba deu luz verde nesta segunda-feira, 1º, a um plano de reformas econômicas que deve trazer mudanças importantes ao modelo comunista vigente no país. Entre as medidas está a comercialização de moradias, o que significa a volta da propriedade privada à ilha. A reforma foi aprovada pela Assembleia Nacional do Poder Popular, cuja sessão foi aberta pelo presidente Raúl Castro.

Castro vem defendendo reformas que possibilitem a criação de um mercado livre limitado desde que recebeu o poder das mãos do irmão, Fidel, em 2008. O pacote com 313 medidas foi desenhado em abril deste ano, durante o Congresso do Partido Comunista.

Com a aprovação do plano, os cubanos vão poder, pela primeira vez em 50 anos, comprar propriedades. A escassez de habitações é um dos grandes problemas da ilha, já que apenas a troca de casas é permitida (sem uso de dinheiro), o que provocou a criação de um mercado negro para a aquisição de moradias. A compra de mais de um automóvel também será permitida.

Ainda é prevista a eliminação de um milhão de empregos no setor público. Viagens ao exterior também serão facilitadas, assim como será autorizada a abertura de pequenos negócios.

Comunismo

Durante a sessão no Parlamento, o deputado José Luiz Toledo Santander, presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, ressaltou que, apesar da reforma, a Constituição de Cuba reconhece que o Partido Comunista "é a força dirigente superior da sociedade e do Estado", segundo o jornal Juventud Rebelde.

As mudanças ficam a cargo da Comissão de Implementação, que segundo o jornal irá definir, de maneira concreta, "o conceito de elementos teóricos do modelo cubano que se atualiza e propor normas jurídicas". A comissão tem ainda a missão de implementar um novo modelo de gestão nas empresas estatais de Cuba.

Um comentário:

  1. Há anos o Supremo Tribunal Federal tem um suas mãos o processo do mensalão, o maior esquema de corrupção já montado neste pais.

    O STF indiciou por unanimidade, 40 políticos ligados ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministros indiciaram estes corruptos com base em provas levantadas pela Policia Federal, pelas Comissões Parlamentares Mistas de Inquérito e pela Procuradoria Geral da Republica.

    O caso está ficando esquecido. O PT montou um esquema bem montado para desacreditar os relatórios e provas levantados.

    Este caso não pode acabar em pizza como acontece tantas vezes em nosso Brasil. Dinheiro público foi desviado para beneficiar os detentores do poder.

    Não podemos permitir que este caso caia no esquecimento. Precisamos relembrar o povo dos acontecimentos.

    Lutamos com o que podemos, com nossos computadores e com a internet. Para isto criamos um site, Mensalão – Nunca antes na história deste pais - http://mensalao.ning.com/

    Convidamos os amigos a participar deste esforço se juntando a nós neste site.

    Contamos com a ajuda de todos os que querem ver um Brasil onde se valorizem os princípios de ética, honestidade e moral.

    ResponderExcluir